PALMAS - TO
Apresentação  Links   Hoteis em Palmas   Fotos   Restaurantes


PALMAS
População 86.116 Homens 43.741 Mulheres 42.375
Área Total(km2) 2.475 Densidade pop. 34.79

Fonte: IBGE

Palmas foi uma cidade planejada para ser capital, após a separação de Tocantins do estado de Goiás, em 1988 e sua fundação foi em 1989. Entre as capitais brasileiras, é a que apresenta a menor população, 220.806 habitantes. É considerada uma das cidades mais arborizadas do país, com uma temperatura média anual de 26 °C e um clima que apresenta duas estações bem definidas, de maio à setembro é a temporada de sol e de outubro à abril de chuvas com ventos fracos e moderados.

É contornada pela Serra do Lajeado, que desde 2001 foi considerada uma área de preservação com 9.931 hectares, e que possui 100 cachoeiras inventariadas, 16 ribeirões, vários córregos e brejos, um verdadeiro santuário de águas geladas e cristalinas e trilhas verdejantes. A Serra tem também 13 grutas, cavernas e furnas, oito sítios arqueológicos com pinturas rupestres e sete mirantes. Com uma fauna composta de mais de 180 espécies das famílias que povoam o cerrado.

A cidade é cortada pelo Rio Tocantins que na época da seca, de junho à setembro, formam-se praias em suas margens que são muito freqüentadas. Destaque para a Praia da Graciosa.

Além de possuir uma natureza abundante, existe em Palmas algumas construções bastante visitadas pelos turistas que são: - Palácio Araguaia, que abriga os poderes executivo, legislativo e judiciário. É o marco zero da cidade; - Praça dos Girassóis, onde estão localizados importantes monumentos da cidade; - Cruzeiro de Palmas, monumento feito em pau-brasil. No local foi rezada a primeira missa em ação de graças pelo lançamento da pedra fundamental; - Palacinho, feito em madeira de lei-jatobá, foi a primeira sede do poder legislativo. Hoje o prédio abriga um museu; - Fonte Luminosa, que é impulsionada por vários tipos de iluminação e composições de jatos de água, em que numa dessas composições forma claramente um girassol com pétalas abertas (a flor símbolo do Estado), com jatos de água que chegam a uma altura de 15 metros.