PORTO DE GALINHAS - PE
Apresentação  Links   Hoteis em Porto de galinhas   Fotos   Restaurantes


PORTO DE GALINHAS
População 0 Homens 0 Mulheres 0
Área Total(km2) 0 Densidade pop. 0.00

Fonte: IBGE

O nome "Porto de Galinhas" vem de muito tempo atrás. Era chamada Porto Rico, devido à extração de Pau Brasil. Há 350 anos, após a abolição da escravatura, os negros continuavam sendo escravizados clandestinamente. Desviados de Recife, onde havia fiscalização, os negros desembarcavam nesta praia escondidos em engradados de galinhas-d'angola. A chegada dos escravos na beira mar era anunciada pela senha "Tem galinha nova no Porto!". Por causa disso, Porto Rico ficou conhecida como Porto das "galinhas".

Localizada no município de Ipojuca, a aproximadamente 53 km de Recife, Porto de Galinhas é um dos maiores pólos turísticos do litoral sul pernambucano. São 18 km de coqueirais e baobás, piscinas de águas claras e mornas formadas entre corais, estuários e mangues. A Praia de Porto de Galinhas fica bem em frente à vila que conta com uma variedade de restaurantes, bares e lanchonetes onde você pode escolher o que desejar: frutos do mar, sushi japonês, massa italiana ou pratos preparados com molhos de frutas, raízes da região, etc e lojinhas de artesanato local. A galinha em cima do coqueiro é o símbolo da cidade. À esquerda, começa a Praia do Cupe, o cenário escolhido pela maioria das pousadas e hotéis. Na outra direção aparece Maracaípe, reduto de surfistas, local onde, todos os anos, acontece o Circuito Brasileiro de Surf. Dê um pulo também até Muro Alto, onde o acesso é feito através de buggys. É um daqueles lugares paradisíacos: uma grande piscina natural, com 3 km de extensão, areia branca e fina, além da água totalmente transparente. Em Muro Alto as águas calmas são protegidas por um paredão de corais e recheadas de coqueiros. As mais variadas espécies de peixinhos coloridos são encontradas: xiras, caraúnas e saberês.

O Balneário oferece passeios de jangadas às piscinas naturais e aos manguezais; passeios de barcos mais equipados ou de catamarã às praias vizinhas como, por exemplo, Carneiros (Tamandaré) ou mesmo à Ilha de Santo Aleixo. Para quem curte o mundo submarino, Porto de Galinhas oferece pontos de mergulho que variam de 12 até 30 metros e onde é possível conhecer diversas espécies marinhas. Aqui você encontrará toda a infra-estrutura necessária para praticar esse esporte. Se você é o tipo de pessoa que gosta de estar perto da natureza está à sua disposição a meditação à beira-mar, calmos passeios entre coqueirais, trilhas, cavalgadas ecológicas, etc.

Uma curiosidade são os repentistas de praia, que sempre aparecem cantando em troca de algum trocado. O charme da região também está nos passeios por alguns pontos turísticos, tais como: visita a Igreja de Santo Cristo e do Outeiro, que oferece uma vista cinematográfica do Cabo de Santo Agostinho até o Cabo de Santo Aleixo e conhecer o Convento de Santo Antônio. Algumas dicas para conhecer melhor os costumes dos moradores da região são: passear pela vila de pescadores; visitar as lojas de artesanato; saborear a culinária local; experimentar os mais variados sucos ou coquetéis de frutas tropicais e uma visita ao Engenho Canoas, que fabrica, até hoje, a rapadura - tipo de doce em barra que tem a cana-de-açúcar como matéria-prima.

Quem chega a Porto de Galinhas, certamente, ouve comentários sobre o baobá gigante - uma árvore que se encontra no distrito de Nossa Senhora do Ó, a cerca de 9 quilômetros do balneário. A árvore foi plantada no local pelos escravos vindos da África, seu tronco é tão grosso que para abraçá-lo só com cerca de 20 pessoas.

Todos os anos, o balneário torna-se um verdadeiro berçário de tartarugas marinhas, pois vários exemplares vão ao local no período de desova que começa no mês de setembro e vai até março. Os ninhos ficam localizados entre a região do Pontal de Maracaípe até a praia de Muro Alto.

Enfim, é conhecida por ser um verdadeiro cartão postal e de deixar qualquer turista encantado.